Do Campo à Mesa: Carne Sustentável

A pecuária tradicional impulsionou fortemente o desmatamento, gerando a necessidade de reformulação do setor, empregando novos conceitos de sustentabilidade.

Por isso, a TNC lançou a iniciativa Do Campo à Mesa: Carne Sustentável, que tem como objetivo diminuir os impactos da atividade pecuária no meio ambiente e incentivar a adoção de boas práticas agropecuárias (BPA) e bem estar animal (BEA).

Como nós trabalhamos

A iniciativa começou, em 2009, com um projeto, em parceria com Marfrig, Walmart e Fundação Moore, em São Félix do Xingu, no Pará. O município está localizado em região prioritária para a conservação da biodiversidade, já que integra um corredor ecológico de 25 milhões de hectares (Mosaico da Terra do Meio – MMA) que serve de barreira para o desmatamento. Na primeira etapa do projeto, foram identificadas 16 fazendas-piloto para a implantação das técnicas de BPA e de BEA e de ações de restauração e conservação florestal para a adequação ambiental dos imóveis rurais. O projeto também foi responsável pela capacitação de 40 técnicos que serão multiplicadores das BPA na região.

Nossos objetivos

Agora nosso desafio é consolidar as experiências adquiridas nessas fazendas-pilotos e expandir o projeto para cerca de 300 produtores rurais até o fim de 2018 e reproduzir o modelo de pecuária sustentável iniciado em São Félix para todo o sudeste do Pará e outras regiões do Brasil.

Importância do projeto

A prática de uma pecuária mais sustentável é possível e viável. Com a implantação de BPA e BEA e o cumprimento integral da legislação ambiental, há um melhor retorno econômico para as fazendas de pecuária de corte. Dessa forma, é possível aumentar a oferta de carnes com garantia de origem de áreas livres do desmatamento.