Voluntários ajudam a recuperar florestas e nascentes em Jundiaí

Para comemorar o Dia Mundial da Água, The Nature Conservancy e parceiros promovem plantio de mudas em áreas de mananciais essencial para o abastecimento em São Paulo


Jundiaí-SP | 22 de março de 2017

Para comemorar o Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março, e contribuir com a conservação de rios e nascentes, a The Nature Conservancy (TNC), maior organização ambiental do mundo, e as empresas participantes da Coalizão Cidades pela Água promoverão neste sábado (25) um evento de plantio de mudas nativas na Fazenda Nossa Senhora da Conceição, em Jundiaí.

 

A propriedade rural foi escolhida para essa ação de restauração florestal porque está em uma área estratégica para a preservação das fontes de água que alimentam o Sistema PCJ, formado pelos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí e fundamental para o abastecimento da Grande São Paulo e de seu entorno. A restauração e a conservação de florestas em trechos de nascentes ajudam a evitar a erosão e facilitam a infiltração da chuva no solo, fatores que contribuem para que a água chegue aos reservatórios.

 

O plantio será realizado voluntariamente por funcionários de empresas instaladas na região da Grande São Paulo e de Jundiaí e que fazem parte da Coalizão Cidades pela Água, uma iniciativa para ampliar a segurança hídrica de mais de 40 milhões de pessoas em 12 regiões metropolitanas do Brasil. As ações da Coalizão devem beneficiar diretamente a conservação de 460 mil hectares e, indiretamente, uma área superior a 2 milhões de hectares. No evento de sábado, participarão também os parceiros locais da Coalizão, que incluem governos municipais, universidades, comitês e agência de bacia hidrográfica, além dos produtores rurais.

 

“Eventos como esse fazem parte de um movimento crescente no Brasil de valorização das soluções de infraestrutura verde, como são chamadas as medidas de conservação e restauração de florestas, manejo de solo, combate à erosão e proteção de nascentes. Soluções baseadas na natureza são tão importantes para a segurança hídrica quanto ações de infraestrutura cinza, como são chamadas as obras de saneamento, a limpeza de rios, entre outras”, explica o gerente de Água da TNC, Samuel Barrêto.

 

Ação beneficia Jundiaí e outros municípios

 

Jundiaí, a 100 quilômetros da capital paulista, é um dos municípios que concentram áreas estratégicas para recuperação das nascentes e rios que abastecem a Grande São Paulo. Esses trechos prioritários foram mapeados pela TNC, por meio de uma metodologia científica que utiliza um software capaz de indicar os locais onde a floresta fará maior diferença na preservação das fontes de água.

 

A Região Metropolitana de São Paulo reúne mais de 20 milhões de habitantes e responde por cerca de 20% do PIB brasileiro. Desde 2014, ela passa por uma crise hídrica sem precedentes, e uma das principais ameaças à continuidade do abastecimento de água para as famílias e empresas da região é a degradação dos mananciais. Aproximadamente 70% das florestas que existiam nas áreas do entorno dos sistemas que abastecem a Grande São Paulo foram removidas, o que leva à erosão e ao assoreamento dos rios e reservatórios.

 

Existem soluções viáveis, porém. Um estudo da TNC no entorno dos sistemas Cantareira e Alto Tietê mostrou que se a restauração florestal for feita em trechos estratégicos para a preservação das nascentes, será necessário recuperar apenas 3% da área para obter uma redução de até 50% na erosão de rios e nascentes que abastecem a região.

 

A Grande São Paulo é uma das 12 regiões onde atua a Coalizão Cidades pela Água, ação coordenada pela TNC e que conta com o apoio de Ambev, Coca-Cola FEMSA, PepsiCo, Fundación Femsa, Klabin, Kimberly-Clark, Faber-Castell, Arcos Dourados, McDonald’s, Unilever, Procter&Gamble e Bank of America Merrill Lynch.

 

Sobre a The Nature Conservancy (TNC): A The Nature Conservancy é a maior organização sem fins lucrativos de conservação ambiental do mundo. Está presente em mais de 35 países, adotando diferentes estratégias com a missão de conservar as terras e águas das quais a vida depende. No Brasil, onde atua há mais de 25 anos, a TNC promove iniciativas nos principais biomas, com o objetivo de compatibilizar o desenvolvimento econômico e social dessas regiões com a conservação dos ecossistemas naturais. O trabalho da TNC concentra-se em ações ligadas a Agropecuária Sustentável, Segurança Hídrica e Infraestrutura Inteligente além de Restauração Ecológica e Terras Indígenas. Saiba mais sobre a TNC em http://www.tnc.org.br

 

Sobre a Coalizão Cidades pela Água

A Coalizão Cidades pela Água  é uma iniciativa da TNC em parceria com o setor privado, lançada em novembro de 2015 com objetivo de ampliar a segurança hídrica de 12 regiões metropolitanas brasileiras até 2020, por meio de ações de recuperação e conservação de nascentes e mananciais em áreas críticas para a produção de água. No Brasil, já fazem parte da Coalizão empresas globalmente reconhecidas Kimberly-Clark, Faber-Castell, Arcos Dourados, McDonald’s, Unilever Procter&Gamble e Bank of America Merrill Lynch.

 

Sobre a Aliança pelos Fundos de Água:

Em 2011, The Nature Conservancy (TNC), Fundação Femsa, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Fundo para o Meio Ambiente Mundial (FMAM) criaram a Aliança Latino-americana de Fundos de Água, que tem o objetivo de contribuir para a preservação e a restauração das bacias que fornecem água paras algumas das principais cidades da região, por meio da criação e do fortalecimento dos Fundos de Água. Saiba mais em www.fondosdeagua.org


A The Nature Conservancy (TNC) é uma organização não governamental que desenvolve projetos de conservação em mais de 30 países. No Brasil desde 1988, a TNC tem como missão proteger plantas, animais e ecossistemas naturais que representam a diversidade de vida na Terra. A organização atua nos principais biomas brasileiros Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica e Pantanal. Para mais informações, acesse: tnc.org.br

Mais informações