A conservação de bacias hidrográficas é indispensável para garantir o suprimento de água no longo prazo com qualidade e em quantidade, para abastecer a população e para o desenvolvimento da economia. Por isso, uma das prioridades da TNC Brasil é a promoção da conservação e recuperação de florestas, de forma a contribuir com o equilíbrio entre oferta e demanda de água.

É dentro dessa visão sistêmica que nasce a nova fase da Coalizão Pelas Águas, uma iniciativa que, entre outras estratégias, usa soluções baseadas na natureza para fortalecer a gestão hídrica, engajando o setor público e as empresas na conservação, recuperação e governança de bacias hidrográficas. O objetivo é ampliar a escala e o impacto da recuperação das bacias em regiões do Cerrado, Mata Atlântica e Amazônia.

Atualmente cerca de 1,7 bilhão de habitantes das maiores cidades do mundo dependem de fontes de água cujas bacias hidrográficas estão situadas a centenas de quilômetros de distância. Até 2050, as fontes de água que abastecem as áreas urbanas conseguirão servir, no máximo, dois terços da população global. Os impactos humanos, como as mudanças no uso do solo e o consumo insustentável da água,  caracterizam um dos mais relevantes desafios da humanidade: garantir água em quantidade e qualidade para todos.

Neste contexto, as mudanças climáticas potencializam esses impactos, alterando os regimes hidrológicos e aumentando a recorrência e a gravidade dos eventos climáticos extremos, causando uma série de prejuízos ambientais, econômicos e sociais. A redução da água provocada pelas secas extremas impactará a disponibilidade para a agricultura (um dos setores que mais consome água), o abastecimento industrial e doméstico, a geração de energia, a navegação, a pesca, o lazer e o meio ambiente.

Mais do que nunca, é fundamental buscarmos ações de adaptação e mitigação às mudanças climáticas. Por meio do impulsionamento de uma economia regenerativa, com investimentos inteligentes, governança e gestão integrada seremos capazes de termos bacias hidrográficas saudáveis e resilientes, com suas funções ecológicas mantidas, capazes de absorver esses impactos.

Por isso, frente aos problemas persistentes contemporâneos, que demandam soluções integradas e sistêmicas, a Coalizão pelas Águas está focada em solucionar os complexos desafios de conservação da Amazônia, Cerrado e Mata Atlântica, dada a importância da biodiversidade e sequestro de carbono destes biomas e o potencial de implementação e geração de impacto. Além de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba e Vitória, o Vale do Araguaia e o estado do Pará são os locais estrategicamente selecionados para esta nova fase, por permitirem ganho de escala de ações duradouras.

Unindo os esforços da TNC, do setor privado e público e da população, a Coalizão pelas Águas busca implementar soluções baseadas na natureza, conservando e recuperando florestas e buscando equilibrar algo que, nos dias de hoje, é irregular: a oferta e a demanda da água.

Por meio desta cooperação, a TNC oferece o conhecimento técnico-científico e a capacidade de articulação necessários para mudar o panorama da segurança hídrica no Brasil.

MUDANÇA DE VIDA PELA ÁGUA
MUDANÇA DE VIDA PELA ÁGUA Carlos Alberto Marques foi um dos proprietários rurais que abriu as portas para a proteção de nascentes em Lídice, distrito de Rio Claro-RJ, e hoje vê os resultados. © Clara Angeleas
PANTANAL
PANTANAL Margem de rio preservada no Pantanal. © Andre Dib
MUDANÇA DE VIDA PELA ÁGUA Carlos Alberto Marques foi um dos proprietários rurais que abriu as portas para a proteção de nascentes em Lídice, distrito de Rio Claro-RJ, e hoje vê os resultados. © Clara Angeleas
PANTANAL Margem de rio preservada no Pantanal. © Andre Dib
Sunlight shining through a stand of tall trees.
McMahon Lake Preesrve Forest Sun streaming through trees at McMahon Lake preserve © Bigfoot Media (Jason Whalen)

Relatório 5 anos de Coalizão

Entre 2015 e 2021, numa parceria com empresas globalmente reconhecidas e mais de 90 parceiros do setor público e da sociedade civil, a Coalizão trabalho para fortalecer a segurança hídrica em algumas das maiores regiões metropolitanas do país. Os resultados foram a restauração e conservação de 124 mil hectares e a alavancagem de mais de R$ 240 milhões. Saiba mais sobre essa história.

Sunlight shining through a stand of tall trees.
McMahon Lake Preesrve Forest Sun streaming through trees at McMahon Lake preserve © Bigfoot Media (Jason Whalen)

A Coalizão pelas Águas está focada em solucionar os complexos desafios de conservação da Amazônia, Cerrado e Mata Atlântica, dada a importância da biodiversidade e sequestro de carbono destes biomas e o potencial de implementação e geração de impacto. Além de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba e Vitória, o Vale do Araguaia e o estado do Pará são os locais estrategicamente selecionados para esta nova fase, por permitirem ganho de escala de ações duradouras.

Se sua empresa gostaria de fazer parte, entre em contato conosco!